Aparência Web 2.0

Li sobre as mudanças no layout de um site e dentre as novidades anunciadas, estava lá: Aparência Web 2.0. Realmente – pensei com meus botões – a web 2.0 não criou somente um padrão para os códigos e arquitetura da informação, como também para design.

Não precisa ir muito longe para notar que a internet está caindo em um padrão visual de limpeza, clareza e simplicidade. Um amigo costumava brincar dizendo que todos os meus sites eram de “gelzinho” (um efeito de iluminação gradiente sobre menus e logos) e vi que caminhando pela teoria eu acabei inevitavelmente aderindo à esses clichês gráficos na prática. E isso é bom!

Mas.. Como fazer um site com Aparência 2.0?

  1. KISS (Keep It Simple Stupid)
    A paciência do usuário tem limites e ele quer, antes de tudo, achar o que veio procurar;
  2. Layout Centralizado
    Melhor aproveitamento do espaço e um conteúdo no campo confortável de visão;
  3. Navegação Simples
    Barra de navegação em destaque e links sabiamente exaltados, menu fixo e igual em todas as páginas para não haver confusão;
  4. Fontes Maiores
    Títulos grandes e nítidos, conteúdo bem espaçado, muito branco no fundo e destaques em bolds garrafais;
  5. Transparência
    Nada de textos em preto, tudo bem clarinho, assim meio transparente. A web 2.0 é cor de bebê;
  6. Gelzinho 2.0
    Ícones fofistas, imagens com reflexo no “chão”, menus com reflexo de luz, bordas arredondadas e degradês até dizer chega;

E no final das contas quem agradece é o usuário, essa tal de web 2.0 só pensa nele.

Se ficou curioso e quer mais, pode começar por aqui:

  1. Current style in web design
  2. Web 2.0 how-to design guide
  3. The visual design of Web 2.0